ABAS

terça-feira, 30 de maio de 2017

Draco: O ateniense legislador que foi sufocado até a morte por seus adoradores

Draco

Draco foi conhecido ao longo da história como um dos primeiros legisladores de todos os tempos. Na verdade, ele foi o primeiro legislador que sistematicamente registrou em forma escrita uma série de códigos e leis, que mais tarde compreenderam a primeira constituição de Atenas e substituíram o sistema dominante de lei oral. As leis de Draco eram exatamente como seu criador: claras, rigorosas e, em muitos casos desumanas. Draco era conhecido como um homem que valorizava o Estado e os interesses públicos mais do que o ser humano. Mesmo para os padrões modernos, o termo “lei draconiana” refere-se a qualquer lei invulgarmente severa. No entanto, os cidadãos atenienses pareciam ser muito gratos ao legislador, apesar da natureza cruel de suas leis, uma vez que viram nele o homem que representava a justiça divina. Sua valorização foi fatal. Quando ele estava visitando a ilha de Egina para ser homenageado na frente de uma grande multidão durante um evento teatral, Draco estava coberto com tantos chapéus e capas que ele sufocou até a morte. Draco foi literalmente “morto por seu apreço”.

Nenhum comentário: