ABAS

sexta-feira, 17 de março de 2017

Recarga de açudes no Ceará já chega a 422 milhões de m³ em 2017

As boas chuvas registradas no Vale do Cariri contribuíram para aumentar o volume do Rio Salgado, que escoa água para o Castanhão (Foto: Blog do Eliomar)


O aporte de açudes no Ceará, até quarta-feira, 15, já chegou a 422,01 milhões de metros cúbicos (m³), segundo a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh). O acumulado nos 15 primeiros dias de março também já superou janeiro e fevereiro deste ano, de acordo com o último informe diário do Portal Hidrológico.
Em 15 dias de março, foi registrado aporte de 0,27 bilhão de metros cúbicos (m³) nos açudes cearenses monitorados. A soma do total de recarga, em janeiro e fevereiro, é de 0,15 bilhão de m³. Agora, o Ceará está com 8,06% da sua capacidade hídrica.
Foram registrados aportes em 88 reservatórios do Estado, inclusive nos três maiores: Banabuiú (com 0,6% do volume), Castanhão (5,57%) e Orós (9,84%). Também destacam-se os açudes Acarape do Meio, Angicos, Aracaoiaba, Arneiroz II, Ayres de Sousa, Cedro, Edson Queiroz, Frios, General Sampaio, Jaburu I, Pedras Brancas, Pentecoste e Taquara.


Chuvas  Quarta-feira, 15, o terceiro manacial do Ceará sangrou e atingiu a capacidade máxima. O Tijuquinha (Baturité) atingiu 88.000 m³; antes dele, já sangravam os açudes Caldeirões, em Saboeiro, e Maranguapinho, na Região Metropolitana de Fortaleza.Ao todo, 126 açudes estão com volume inferior a 30%; 47 têm volume morto (somente é possível captar o que resta da água com bombas flutuantes) e 22 estão secos (a água está em quantidade mínima e não tem possibilidade de uso).

Das 7 horas de quarta-feira, 15, até as 7 horas desta quinta-feira, 16, foram registradas chuvas em 91* municípios do Ceará. A chuva mais intensa foi registrada no município de Limoeiro do Norte (92 mm). Em seguida, ficaram os municípios de Massapê (83.6 mm), Granja (75 mm), Senador Sá ( 62 mm), Moraújo (56 mm), Morada Nova (42 mm), Ibaretama (42 mm) e Miraíma (40 mm).
Até agora, o volume de chuvas observado no mês de março somou 154 mm, valor maior que a metade da média histórica (203.4 mm) do período. Em 2016, o volume total das chuvas durante todo o mês de março foi de 129,4 mm.
Na capital cearense, choveu 6.6 mm na madrugada na quinta. A previsão para o dia é de nebulosidade variável com eventos de chuva em todas as regiões cearenses. Para a sexta-feira, 16, a Funceme aponta nebulosidade variável com possibilidade de chuvas isoladas na faixa litorânea e sul do Ceará. Nas demais regiões, céu deve ficar entre parcialmente nublado a claro.

O POVO - AMANDA ARAÚJO

Nenhum comentário: