ABAS

terça-feira, 4 de outubro de 2016

Preso por pistolagem vota algemado, é ovacionado por eleitores e se elege vereador...

O candidato chegou algemado para votar (Foto: Reprodução / WhatsApp)
Um detento de 40 anos, que responde pelos crimes de pistolagem e cinco processos por homicídio na Paraíba foi eleito ao cargo de vereador na cidade de Catolé do Rocha, no Sertão do estado. Ele recebeu 948 votos e foi o sexto político mais votado no município sertanejo.
Mesmo algemado, ele fez o ‘V’ da vitória na saída da seção e foi ovacionado por eleitores.  O jingle da campanha foi uma paródia da música ‘Metralhadora’.
De acordo com o major Sérgio Fonseca, gerente executivo do Sistema Penitenciário da Paraíba, ele foi votar escoltado por agentes penitenciários depois que a juíza Lilian Frassinette Correia Cananea determinou a saída do preso para exercer a sua cidadania.
Após o votar, o preso retornou para Cadeia Pública de Catolé do Rocha onde está preso desde junho deste ano.
No local de votação, um grande número de eleitores o esperava na frente da seção. O vereador eleito chegou algemado e foi aplaudido.
De acordo com a polícia, o vereador eleito é suspeito de fazer parte de um esquema criminoso de pistolagem, relacionado a homicídios na cidade de Catolé do Rocha. As investigações da Polícia Civil apontam que ele está ligado a assassinatos como mandante, articulador ou executor dos crimes.
A Constituição Federal determina que são impedidos de votar apenas eleitores que, no dia da votação, tiverem contra si condenação criminal transitada em julgado (decisão judicial que não cabe mais recurso) e enquanto durarem seus efeitos. Presos provisórios podem concorrer a cargos eletivos e votar.
COM INFORMAÇÕES DO DIÁRIO DO SERTÃO

Nenhum comentário: