ABAS

sábado, 23 de julho de 2016

Capital cearense tem o combustível mais caro do Nordeste


Depois de se tornar a capital do Nordeste com a gasolina mais cara, Fortaleza agora também lidera o ranking dos preços do etanol (álcool) e do GNV (gás natural veicular) na Região, combustíveis que deveriam representar maior economia ao consumidor. O Ceará não fica atrás, sendo o estado nordestino com os valores mais elevados.

 Para o consultor na área de petróleo e gás, Bruno Iughetti, a alta nos preços dos principais combustíveis está relacionada ao período de alta estação e férias escolares, quando a demanda nos postos da cidade aumenta. O especialista acredita que, após o mês de julho, os valores devem recuar. 

"É uma questão de livre mercado, mas não existem motivos para que os preços estejam em patamares tão elevados. Não houve aumento nas refinarias e nem no ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços). É uma prática danosa ao consumidor, de especulação e aproveitamento", critica Iughetti.

Nenhum comentário: