ABAS

sábado, 21 de maio de 2016

Atentado contra o dinheiro do povo - Capa do DN: Obra de R$ 50 milhões pode ser descartada após concessão do Aeroporto.



Paralisadas há dois anos, as obras de ampliação do Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, podem não ser aproveitadas pela empresa que vencer o leilão para a concessão do equipamento à iniciativa privada, o que representaria mais um gasto em vão do dinheiro público no País. Até a suspensão dos serviços, foram investidos R$ 52,5 milhões no terminal, sendo que o valor do contrato era de R$ 336,7 milhões. A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) não divulgou o montante aplicado na parte não concluída.

Nenhum comentário: