ABAS

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

A compra de votos, ou captação ilícita de sufrágio, sujeita o infrator a cassação de diploma e multa de até 100 mil reais.

Nenhum comentário: