ABAS

quarta-feira, 17 de junho de 2015

O Desembargador cearense Dr. Luiz Gerardo de Pontes Brígido agora faz parte dos seleto grupo de brasileiros que denunciaram as mazelas que impedem o Poder Judiciário de desembainhar a espada da severidade da justiça para cumprir a função precípua da aplicação coativa das leis. Sem justiça, as leis não são aplicadas e deixam de existir na prática. Sem justiça, qualquer nação democrática capitula diante de corruptos, bandidos dos mais diversos níveis. Dr. Brígido agora está na história de pessoas honradas como Joaquim Barbosa, Eliana Calmon, Sérgio Moro...


Nenhum comentário: