ABAS

sexta-feira, 5 de junho de 2015

Hospitais do Ceará têm149 pacientes nos corredores

Em comparação com a quarta-feira (3), o total de pessoas internadas e colocadas nos corredores por falta de leitos adequados diminuiu em 26,2%, saindo de 202 para 149.
Em comparação com a quarta­feira (3), o total de pessoas internadas e colocadas nos corredores por falta de leitos adequados diminuiu em 26,2%, saindo de 202 para 149. 


Os números mais recentes da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa) mostram que 149 pacientes estão internados nos hospitais públicos estaduais, em macas e sendo atendidos nos corredores. Os dados dizem respeito aos atendimentos feitos da 0h de quinta­-feira (4) a 0h de sexta­feira (5). 

Em comparação com a última terça­feira (2), o total de pessoas internadas e colocadas nos corredores por falta de leitos adequados diminuiu em 26,2%, saindo de 202 para 149. No boletim divulgado na quarta­feira (3), o total de pacientes nos corredores chegou a 183 pessoas. O Hospital Infantil Albert Sabin foi a unidade que mais conseguiu recolocar pacientes. Na terça­feira (2), a unidade tinha 57, passou para 46 na quarta e na quinta­feira, 20 pessoas. 

O boletim inclui as seguintes unidades: Hospital Geral de Fortaleza (HGF), Hospital Infantil Albert Sabin, Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes, Hospital Geral César Cals, Hospital São José, Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara, Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto, Hospital José Martiniano de Alencar (o antigo da Polícia) e, no interior, o Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte, e o Hospital Regional Norte, em Sobral. 

O Hospital de Messejana soma 52 pacientes nessas condições. Enquanto o HGF tem 49; o César Cals possui 15; o São José (11) e a unidade infantil Albert Sabin tem 20 crianças em macas.

DIÁRIO DO NORDESTE

Nenhum comentário: