ABAS

sábado, 16 de maio de 2015

O ser imanente tem sua condição pautada por um inicio e um final...O final representa exatamente o inicio da vida transcendental. Pois bem. A minha vó, MARGARIDA OLIVEIRA fez sua grande viagem... A mãe da minha mãe partiu para a casa do PAI na manhã deste sábado no Hospital de Aracoiaba-CE. A mesma que já somava mais de oito décadas tinha uma vida muito lúcida, mas nos últimos dias lhe bateu um estado de fragilidade que culminou em seu falecimento. Da minha VÓ eu só tenho boas recordações. Criou seus filhos e ajudou a criar netos e bisnetos. Foi uma mulher destemida, de personalidade forte e não escondia suas posições pessoais de ninguém. Foi servidora pública do Município de Capistrano. Costurava peças para ajudar no sustento da família. Foi poetisa e gostava de cantar e tocar. Chegou até mesmo a se arriscar nas composições. Em resumo, foi uma mulher de uma vida intensa e buscou a felicidade até o último instante.

       

Nenhum comentário: