ABAS

terça-feira, 17 de março de 2015

Denúncias de tortura, tratamento cruel, estupro, assassinato, além de superlotação, falta d’água, salas de aula transformadas em celas, rebeliões, fugas, interdições judiciais, estrutura física insuficiente, quadro inadequado de profissionais, precariedade das condições de trabalho... Violações de direitos humanos e problemas no funcionamento do sistema socioeducativo no Ceará...Essa é a situação que vive o sistema carcerário cearense.



 A superlotação nas unidades prisionais do Ceará é um dos principais problemas do sistema carcerário do Ceará 
(FOTO ILUSTRATIVA)



Com informações do Mandato do Deputado Renato Roseno(PSOL)

Nenhum comentário: