ABAS

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Secretariado do futuro governador Camilo Santana reúne experiência, interesse político e frustração

Imagem - Extraída do Portal Política com K

O governador eleito Camilo Santana (PT) montou um secretariado que reúne experiência, atendimento a acordos de campanha eleitoral, fracassados nas urnas, aliados de confiança dos irmãos Ferreira Gomes e nomes que representam recados para desafetos políticos do grupo do governador Cid Gomes (PROS).
Uma das surpresas foi o médico Carlile Lavor, escolhido para a Secretaria de Saúde. Com essa opção, Camilo dar sinais de mudanças na área, prestigiando e valorizando ações básicas que marcaram os novos rumos do atendimento a populção, como fez Carlille Lavor quando secretário da saúde do primeiro Governo Tasso Jereissati (1987-1991). Camilo tenta unir a experiência de um medico respeitado, conhecedor profundo da área, ampliando o programa saúde da família e, ao mesmo tempo, garantindo o pleno funcionamento da rede de hospitais regionais, policlínicas e UPAs.
A convocação de quatro deputados estaduais (Ivo Gomes, Miriam sobreira, Osmar Baquit, David Duran) muito mais do que a velha máxima de prestígio do Poder Legislativo atendeu a uma necessidade basica: prestigiar os aliados e honrar compromissos de campanha. Com o chamado de quatro deputados e mais alguns suplentes, Camilo puxa para s Aasembleia os ex-deputados e novos suplentes, como  Fernando Hugo e professor Teodoro.
Três nomes – Artur Bruno, Inácio Arruda e Dedé Teixeira, que fracassaram nas urnas, ganham premio de consolação e se transformaram em secretários. Dedé recebeu uma das pastas mais prestigiadas, e quer sair da SDA, em 2018, direto para a Câmara Federal. Bruno, Inácio e Teixeira pensam em voltar as urnas. As secretaras os projetam nessa direção.
O secretariado tem mais leitura: Camilo prestigiou a aliada Miriam Sobreira, reeleita para o segundo mandato, o que representa um duro recado para o adversário Agenor Neto, que apostava em uma vitória de mais de 100 mil votos e sonhava com a presidência da Assembléia  e em 2018, com uma vaga no senado ou Governo do estado. Outro recado foi para a ex-prefeita de fortaleza e deputada federal eleita Luizianne Lins. Camilo chamou um aliado de Lins – Guilherme e criou mais problema para as pretensões de Lins sobre a sucessão de em Fortaleza.
O advogado Hélio Leitão chega para a Secretaria de Justiça com o nome defendido por membros do Poder Judiciário, uma mãozinha do deputado federal José Guimarães e, também, recados para grupos da OAB que no passado, contrariaram o Governo Cid Gomes. As secretarias destinadas aos aliados diretos dos irmãos Ferreira Gomes tem boas estruturas visibilidade e grandes obras (Cidades, Relações Institucionais, Infraestrutura, Turismo, dentre outras).
Matéria do portal Ceará Agora

Nenhum comentário: