ABAS

domingo, 9 de novembro de 2014

Pelo bem da consciência do povo, vale tudo...Mulher resolve ficar pelada para protestar


Mais de duas horas antes do início do evento "Corrida pelada na Carlos Gomes", marcado pelo Facebook e com mais de 3,2 mil confirmados, a atleta solitária dificilmente conseguiria chegar ao local marcado para acompanhar outros adeptos da corrida nudista. A pouco mais de 6 quilômetros de distância do cruzamento das avenidas Protásio Alves e Carlos Gomes, mesmo com seu passo resoluto e despida do pesos das roupas, a corredora tinha como obstáculos, improváveis de serem vencidos sem uma garrafinha de água, um calor de mais de 30 graus e o sol forte daquele horário.

Diferentemente das duas mulheres vistas nuas nas últimas semanas na capital gaúcha, a jovem, de cabelos castanhos claros e exibindo um leve bronzeado, não aparentava desorientação mental e desempenhava seu exercício com segurança. Ou, pelo menos, o uso de tênis e boné passava a imagem de premeditação e precaução.
Com informações do Portal Terra

Nenhum comentário: