ABAS

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

O voto deve ser uma ação consciente e não prática movida pela ignorância. A ficha, a história e o plano de ação do candidato devem ser analisados e o eleitor deve votar movido pela ideologia e planos de ação do candidato, e não pela mídia. O voto consciente não termina na urna. Depois de votar, o cidadão precisa continuar atento à atuação do candidato eleita para fiscalizá-lo e cobrá-lo.


Nenhum comentário: