ABAS

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

O resultado da votação para presidente levará o país a ter a eleição de segundo turno mais equilibrada de sua história. De um lado, Dilma Rousseff, com 41% dos votos. De outro, Aécio Neves, com 33%. Pela sexta vez consecutiva, o PT enfrentará o PSDB. 'Hoje, três de cada quatro brasileiros integram pelo menos a classe C. Esse país mudou.' Foto: Divulgação Dilma e Aécio, desta vez, têm entre si uma diferença de 8 pontos percentuais, com uma peculiaridade fundamental em relação às outras eleições: Marina Silva, que com 21% dos votos será o fiel da balança nesta disputa, considerada imprevisível por analistas políticos.

Texto do Portal O Dia

Nenhum comentário: