ABAS

terça-feira, 7 de outubro de 2014

O cearense e ex-jogador Jardel foi eleito deputado no Rio Grande do Sul com mais de 40 mil votos, em entrevista Jardel afirmou: "Sou de direita, por ser um cara direito"

O ex-jogador Jardel foi eleito no último domingo, 5, deputado estadual no Rio Grande do Sul. Porém, antes de conseguir ser escolhido na votação,  ex-ídolo do FerroviárioGrêmio concedeu entrevista ao ClicRBS, portal do jornal Zero Hora.

Durante a sabatina, Jardel foi indagado sobre suas tentativas frustradas em ser técnico, abrir escolhinhas de futebol e qual seria o projeto para deputado estadual. "Meu projeto é de todos. Se veio para mim é para mim mesmo. O que me faltava era uma ocupação", comentou sobre ser um deputado estadual.

Evangélico, o ex-centroavante também respondeu a questões polêmicas como a união homoafetiva. "Eu sou contra, porque sou evangélico". Sobre a sua definição política, o cearense brincou se poderia "ser de cabeça", sua especialidade quando atuava dentro das quatro linhas. "Me considero de direita, por ser um cara direito, bom demais", explicou.

Jardel foi eleito deputado estadual com 41.227 votos pelo partido PSD. Além do cearense, o ex-goleiro Danrlei, também do Grêmio, foi eleito com deputado federal com 158.973 votos. 


DIÁRIO DO NORDESTE

Nenhum comentário: