ABAS

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Manifestantes marcam "beijaço" gay contra candidato a presidente


Após o candidato a deputado federal Tiririca (PR-SP) sair em defesa dos homossexuais, manifestantes da causa LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros) organizam “beijaço” gay na avenida Paulista em resposta ao discurso homofóbico do candidato do PRTB à Presidência, Levy Fidelix. De acordo com a página do evento no Facebook, o grupo marcou encontro para hoje, às 17 horas, em frente ao vão livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp), na região central da capital paulista.

“Queremos fazer um ato que mostre que não aceitamos que esse tipo de discurso homofóbico do Levy possa ser dito com tanta naturalidade em rede nacional! É um absurdo que um presidenciável incite o ódio desse jeito, em um período em que todos os dias estamos vendo nas notícias a morte de gays, lésbicas, travestis e pessoas transexuais!”, diz o texto da página do evento, que já conta com mais de cinco mil participantes confirmados.

Durante o debate promovido pela TV Record na noite de domingo, 28, Levy Fidelix fez discurso no qual dizia que “aparelho excretor não reproduz” e associou a homossexualidade com pedofilia e afirmou que gays precisam de atendimento psicológico “bem longe daqui”.

Maioria
O candidato também atrelou a homossexualidade a casos de pedofilia na igreja e conclamou “a maioria” a “enfrentar essa minoria”. “Não tenha medo de dizer que sou pai, uma mãe, vovô, e o mais importante, é que esses que têm esses problemas realmente sejam atendidos no plano psicológico e afetivo, mas bem longe da gente, bem longe mesmo porque aqui não dá”. (da Folhapress)
O POVO

Nenhum comentário: