ABAS

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Deve ser considerada uma verdadeira aberração e afronta ao estado democrático de direito a decisão da juíza Maria Marleide Maciel Queiroz que determinou que a edição desta semana da revista IstoÉ seja impedida de circular, ou, caso já tenha sido distribuída, seja recolhida. A magistrada quer impedir que a revista “veicule fatos desabonadores” ao governador do Ceará, Cid Gomes (Pros). Caso desobedeça a ordem, a revista pagará multa de R$ 5 milhões. O caso corre sob segredo de Justiça.

Nenhum comentário: