ABAS

terça-feira, 12 de agosto de 2014

PADRÃO FIFA E O PADRÃO BRASIL - Obras inauguradas para a Copa do Mundo já apresentam problemas Quatro cidades-sedes da Copa têm obras inauguradas que já estão com problemas. Especialistas apontam falhas nos projetos terminados às pressas.

Viaduto em construção para a Copa desabou em BH.


Quatro cidades que sediaram jogos da Copa do Mundo têm obras recém-inauguradas que já estão com problemas. Especialistas estão apontando falhas nos projetos terminados às pressas para os jogos da Copa.
De longe, uma obra que chama atenção. De perto, pilares e muretas desalinhados e remendados. Inaugurado para a Copa do Mundo, o viaduto Abdias do Nascimento, em Porto Alegre, já precisa de reparos.
“A gente vê uma série de falhas de alinhamento da estrutura, uma série de falhas de execução da drenagem, de acabamento, nível de acabamento final dos elementos. Mas que podem dar um certo problema no futuro”, explica o engenheiro Bernardo Tutikian.
A prefeitura garante que o concreto passou por todos os testes de resistência. “O viaduto está em perfeitas condições. Há serviços a serem feitos, como acabamentos da obra.”, afirma José Carlos Keim, Secretário Municipal de Obras e Viação.
Nas cidades-sede da Copa, outras obras também apresentaram problemas. O caso mais emblemático é o do viaduto que desabou em Belo Horizonte, no início de julho. Duas pessoas morreram e 23 ficaram feridas. A construtora responsável nega que tenha havido erro no projeto. O laudo da perícia ainda não foi divulgado.
No Recife, fiscais do Conselho Regional de Engenharia descobriram deformações nas vigas do viaduto do BRT, uma das obras de mobilidade para o mundial.
Em Cuiabá, um viaduto construído para a Copa do Mundo, está interditado desde o último dia 6. Técnicos analisam as fissuras entre o asfalto e a estrutura de concreto para corrigir as falhas. O pior é que esse mesmo viaduto já esteve parcialmente fechado em julho, para reparos na iluminação.
O viaduto faz parte do projeto do Veículo Leve sobre Trilhos, que vai passar por baixo da estrutura. As obras deveriam ter ficado prontas em março deste ano, mas o prazo foi prorrogado para dezembro. “Ele só é entregue quando a obra estiver toda por completa. Independente, se tiver qualquer ação corretiva, ela é de responsabilidade total do consórcio executor”, diz Maurício Guimarães, da Secretaria da Copa do Mundo/MS.
O consórcio VLT Cuiabá não quis se manifestar A Secretaria da Cidade de Pernambuco informou que um parecer técnico atesta a segurança do viaduto no Recife.
COM INFORMAÇÕES DO BOM DIA BRASIL

Nenhum comentário: