ABAS

domingo, 20 de julho de 2014

No país da "Copa das Copas" - Vigilante agoniza e morre em frente a hospital particular


O vigilante Nelson França, 48, morreu em frente a um hospital, em São Paulo, após agonizar por mais de uma hora, em pedido de socorro. Testemunhas afirmaram à Polícia que o atendimento foi proibido por um enfermeiro, que informava ao vigilante que o hospital era particular.
Ele chegou ao hospital após passar mal no interior de um transporte coletivo. O cobrador do transporte deixou o vigilante na porta do hospital e alegou que ele estava com fortes dores. Dois enfermeiros tentaram iniciar o atendimento, mas teria sido impedidos por outros enfermeiro, de acordo com as testemunhas.
Somente depois que o vigilante parou de se movimentar, segundo ainda as testemunhas, foi que o enfermeiro que havia proibido o atendimento e um médico se aproximaram do corpo. O enfermeiro foi levado a uma delegacia e afirmou que todos os procedimentos de socorro foram realizados.
O caso está sendo investigado como crime de omissão de socorro.
(Blog do Eliomar com agências)

Nenhum comentário: