ABAS

sexta-feira, 25 de julho de 2014

ENQUANTO OS MAIORES BANDIDOS, OS CORRUPTOS, VIVEREM IMPUNEMENTE, JAMAIS CONSEGUIREMOS CONTER OS DEMAIS - Ataques a bancos no Ceará já chegam a 39 neste ano

Com o impacto da explosão, partes do prédio onde funciona o posto bancário foram destruídas. Os acusados fugiram em um veículo
FOTO: DIVULGAÇÃO/POLÍCIA CIVIL

Dois homens armados explodiram um caixa eletrônico na cidade de Guaramiranga, a 102 quilômetros de Fortaleza, no Maciço de Baturité. O crime ocorreu por volta das 2 horas da madrugada de ontem. Com esse sobe para 39 o número de ataques a estabelecimentos bancários no Estado neste ano
Testemunhas informaram à Polícia que os suspeitos utilizaram um veículo Punto na fuga. De acordo com informações do titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), Raphael Vilarinho, eles atearam fogo e abandonaram o veículo na estrada. O delegado foi até Guaramiranga e realizou os primeiros levantamentos acerca do caso.
Ele informou que o grupo realizou duas tentativas de explosão. Na primeira tentativa, não obteve êxito. Já na segunda, a dupla conseguiu explodir o único caixa eletrônico da agência.
O titular da DRF acredita que, apesar das testemunhas presenciarem apenas dois homens na ação criminosa, outros suspeitos estão envolvidos no crime, inclusive oferecendo apoio na fuga.
Em relação à primeira tentativa de explosão ter falhado, o delegado ressalta que pode ser relacionada à inexperiência da quadrilha no manuseio de artefatos explosivos. A Polícia Militar também foi ao local e realizou buscas, mas ninguém foi preso. Foi possível identificar apenas a cor do veículo, que era cinza, mas os números da placa não foram visualizados, devido o estado em que ficou o carro após ser queimado pelos assaltantes.
Os PMs receberam a informação de que uma pessoa teria sido feita refém durante a fuga, mas a equipe da Polícia Civil que realizou os primeiros levantamentos, ainda durante a madrugada, não confirmou o rapto. Vilarinho informou que a Polícia Civil já possui uma linha de investigação, mas disse não ser possível a divulgação dos detalhes para não atrapalhar na apuração.
39º caso
Esse foi o 39º ataque a banco no Ceará em 2014. O último caso ocorreu no dia 13 de julho, quando duas agências bancárias foram invadidas no município de Pedra Branca, a 261 quilômetros de Fortaleza.
A quadrilha que agiu na cidade de Pedra Branca, como na ação cometida em Guaramiranga, teve problemas para concluir a ação criminosa.
Eles quebraram a porta de vidro do banco e o alarme de segurança do prédio disparou. O grupo ainda tentou explodir o caixa, mas não conseguiu.
Em seguida, o grupo se deslocou até o Banco Bradesco, cerca de 500 metros de distância da agência anterior. Foi quando houve a invasão.
Os assaltantes não conseguiram retirar o dinheiro do caixa antes de detonar os explosivos.
Alvo
O município de Guaramiranga já foi alvo de ataques a bancos em janeiro deste ano. Na ocasião, um caixa eletrônico do Banco Bradesco foi explodido.
O crime aconteceu na madrugada do dia 25 de janeiro. Um grupo formado por cerca de 12 pessoas instalou os explosivos e os detonou. Os assaltantes utilizaram armas de grosso calibre para intimidar as testemunhas. Na fuga, incendiaram um carro.
Jéssika Sisnando
Repórter
DIÁRIO DO NORDESTE

Nenhum comentário: