ABAS

domingo, 22 de junho de 2014

Alguns amigos do município de Baturité tem me perguntado, em especial os que residem fora da cidade, a quantas anda a situação político-administrativa. É público e notório que nos últimos meses o município de Baturité vivenciou uma situação que pode se considerar como de calamidade administrativa. O prefeito Bosco Cigano enfrentou grandes manifestações de rua e fortes oposições por legisladores municipais. Teve seu afastamento votado e aprovado em duas ocasiões, retornando por força de decisão judicial. Consta também que recentemente o Ministério Público através da Promotoria de Baturité ingressou com uma ação judicial, que inclusive pedia o afastamento do prefeito e teria sido negado pelo judiciário. Mas confesso aos amigos que uma mudança no comando financeiro (Secretaria de Finanças) chamou a nossa atenção. Foi exatamente a entrada de Pedro Uchoa Filho, que tem como genitor o ex- deputado estadual e promotor aposentado Pedro Uchoa, que como parlamentar estadual muito representou para a região do Maciço de Baturité. Segundo alguns amigos que consultei, a atuação do novo ordenador de despesas das finanças de Baturité tem tido aprovação de algumas pessoas. Deixo aqui esta reflexão ao tempo e agradeço antecipadamente as opiniões críticas dos amigos.

Foto arquivo-Pedro Filho

Nenhum comentário: