ABAS

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Vai faltar espaço nas cadeias brasileiras para tanto Prefeito corruto - Político de Município brasileiro pega mais de 14 anos de cadeia e multa de R$ 1,2 milhão

 
O ex-prefeito Warmillon Fonseca Braga (DEM), de Pirapora/MG, foi condenado quarta-feira (30/04) a mais 14 anos, 9 meses e 10 dias de reclusão, e a pagar multa de R$ 1.264.104,00. Desta vez, a condenação se refere ao processo que investigou a “Máfia do Lixo”.

No processo, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) acusou Warmillon Braga de praticar 77 vezes o crime de apropriação e desvio de bens ou rendas públicas e, por duas vezes, o crime de fraude a licitação. A sentença é da juíza de direito Renata Souza Viana.

Segundo os autos, no período de julho de 2005 a setembro de 2011, houve desvios mensais para a empresa Movimentar Serviços e Transportes Ltda., de propriedade de Marcelo Luiz Ottoni e Gilberto Ottoni, que atualizados até maio de 2013 totalizam R$ 3.770.774,16, pagos por serviços não executados.

Sobre o mesmo esquema da Máfia do Lixo está em curso uma Ação Civil Pública por Improbidade Administrativa, na qual o MPMG aponta o desvio e pede a condenação de Warmillon Braga a devolver ao erário R$ 11.693.521,12.

Da decisão cabe recurso para o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). Mas Warmillon Braga terá de recorrer preso, porque na sentença a juíza lançou que em liberdade o ex-prefeito “oferece risco à ordem pública, na medida em que pode voltar a reincidir na prática criminosa, aumentando ainda mais o já imenso desfalque que causou aos cofres públicos”.

A condenação incluiu ainda a suspensão dos direitos políticos de Warmillon Fonseca Braga, enquanto durarem os efeitos da sentença e a inabilitação, por cinco anos, para o exercício de cargo ou função pública por eleição ou nomeação.

CONDENAÇÃO ANTERIOR

Warmillon Fonseca Braga não sairá tão cedo do xadrez. Anteriormente ele já havia sido condenado a 10 anos de prisão pelos crimes praticados nos processos licitatórios destinados à contratação de shows para o centenário de Pirapora.


De empresário falido em Montes Claros/MG o político Warmillon Fonseca Braga transformou em milionário após passagens como prefeito pelos municípios de Lagoa dos Patos e Pirapora. Em 2008 ele declarou à Justiça Eleitoral ser proprietário de patrimônio avaliado em R$ 31.495.000,00.

Nenhum comentário: