ABAS

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Seleção brasileira deixa hotel no Rio de Janeiro sob vaias e protestos




A seleção brasileira não escapou da onda de protestos que acontecem em todo o país. Nesta segunda-feira, os professores, que estão em greve desde o dia 12 de maio, foram até o hotel onde os jogadores se apresentavam para a Copa, no Rio de Janeiro.

Coordenadora do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do Rio (Sepe), Susana Gutierrez afirmou que o objetivo da manifestação é chamar a atenção para a causa da categoria: "Aproveitamos o momento em que a imprensa e muitas pessoas estariam reunidas para explicar os motivos da nossa greve e pedir apoio. Se tem dinheiro para a copa, por que não há para a Educação?".


Com informações do Portal O Dia



Nenhum comentário: