ABAS

segunda-feira, 28 de abril de 2014

E NO PAÍS QUE GASTOU MAIS DE R$ 28 BILHÕES COM A COPA..Uma grávida perdeu o filho ao dar à luz na recepção de Hospital Maternidade em Município brasileiro



Uma grávida perdeu o filho ao dar à luz na recepção do Hospital Maternidade Luiz Argolo, na cidade de Santo Antônio de Jesus, na região do recôncavo baiano, no início da manhã desta sábado (26). A situação aconteceu por volta das 6h30 e, até as 17h30, o corpo continuava na unidade, de acordo com o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

O médico cirurgião Antônio Carlos relata que, ao chegar na unidade, por volta das 10h, a situação já tinha ocorrido.
Segundo o seu relato, o único obstetra do hospital não tem ido trabalhar porque não recebe salário há mais de 10 meses. “A paciente teve neném na recepção. Não tinha médico. Isso é um crime. O hospital não tem médico. Foi um caos geral, as pessoas ficaram traumatizadas. Um vexame. Dinheiro para a Copa do Mundo, para as empreiteiras, tem”, afirma ele, que faz cirurgias particulares no local.

O provedor do hospital, que é gerido pela Santa Casa da Misericórdia, confirma que o salário dos médicos obstetras está atrasado. “Há dificuldade de pagar o médico pelo valor que o SUS [Sistema Único de Saúde] vem pagando. A gente não tem condições de cobrir todas as despesas do parto e, por isso, existem os atrasos. Naquele momento, não tinha médico trabalhando. Agora, já tem”, diz Aurelino Reis. Ele conta que a gestante já chegou ao hospital em trabalho de parto. “O recepcionista foi buscar uma enfermeira e a maca e, quando voltou, ela já estava no chão em trabalho de parto”, afirma. A maternidade afirma que a mãe da criança está bem e em observação.
DO BLOG DO MARCELO

Nenhum comentário: