ABAS

domingo, 19 de janeiro de 2014

Eunício Oliveira e o “Pulo do gato”


Senador Eunício Oliveira -foto José Cruz -Agência-Senado


O amigo e colaborador Demétrius Forentinni, envia artigo para o nosso Blog que traz uma abordagem acerca da eleição para o governo do estado do Ceará deste ano, confira:

O menino que atravessou o Rio Salgado aos seis anos de idade e depois saiu da sua terra natal para arriscar a vida em Fortaleza e tornou-se um empresário de grande sucesso entrou na política partidária e conquistou vários mandatos sempre respaldados por grandes votações. O cearense de Lavras da Mangabeira não é um político qualquer. Quem acompanha a trajetória deste político cearense sabe que sua capacidade na articulação política é inimaginável.

Eunício Oliveira será candidato ao governo do Ceará nas eleições deste ano custe o que custar. A sua trajetória o condiciona a essa missão. Quem não lembra do desejo de Eunício de disputar o senado em 2006, porém abdicou dentro de um plano estratégico para Inácio Arruda que fora eleito para o cargo. Eunício esperou pacientemente e friamente o ano de 2010 para se eleger o senador mais bem votado da história política do Ceará. Portanto, podem anotar e registrar em suas mentes: Eunício Oliveira será candidato ao governo do Ceará, é uma decisão tomada e articulada com todas as forças que estão ao alcance do senador.

A história política que envolve Eunício Oliveira é muito clara e evidente em nos mostrar que este homem não é de ficar blefando e muito menos conspirando, ele age como um grande profissional e habilidades que costumam ser infalíveis. Certamente não ocorrerá com Eunício o mesmo que se passou com Tasso Jereissati e Luizianne que foram atropelados pelas artimanhas políticas de Cid Gomes e seu grupo. Eunício tem premeditado tudo nos seus mais devidos detalhes, seu projeto de disputar o governo estadual é como o ataque de uma águia faminta que dificilmente deixará de atingir a sua presa.

*Demétrius Forentinni, especialmente para o Blog do Alexandre Távora

Nenhum comentário: