ABAS

sábado, 25 de janeiro de 2014

Estado de exceção, covarde e repressor



            Quem participa de manifestação como se não bastasse enfrentar a truculência e a repressão do Estado opressor também é vítima da covardia do Estado, que ora é praticada pelos (des)governantes  que o manipulam. Pois bem, hoje em Fortaleza mais uma vez uma manifestação popular foi tratada como prática criminosa. As imagens a seguir feitas por mim mesmo falam por si só.


Nenhum comentário: