ABAS

sábado, 14 de dezembro de 2013

TOMARA QUE ESSE TIPO DE CRIMINALIZAÇÃO NÃO SEJA USADA NO BRASIL PARA INTIMIDAR OS BRAVOS MANIFESTANTES - Manifestante é acusada de violência sexual após tentar beijar policial


Em novembro desse ano, a foto de uma manifestante tentando beijar um policial tornou-se um viral na internet, sendo usada como exemplo de ato público não violento. Porém, segundo uma reportagem do jornal The Telegraph, a imagem não foi bem recebida pelo sindicato que representa policiais italianos. 
 Nessa sexta-feira, 13, o COISP registrou uma queixa na Promotoria de Turim solicitando que Nina de Chiffre, de 20 anos, seja processada porviolência sexual.
 "Nós acusamos a manifestante de violência sexual e insulto contra um funcionário público", afirmou Franco Maccari,  secretário-geral do sindicato. "Nós realmente esperamos que seja feita justiça", ressaltou.
 Para o representante, se o beijo ou alguma outra manifestação de 'afeto' tivesse partido do policial, ele seria amplamente 'julgado' ecriticado ao redor do mundo. “É pouco provável que este tenha sido um ato de paz. Parece mais como uma provocação", disse.
 Na rede social Facebook, Nina negou que o ato fosse uma "mensagem de paz". "Eu penduraria todos esses porcos nojentos de cabeça para baixo”, escreveu a jovem.
O POVO

Nenhum comentário: