ABAS

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Este foi o ano que um Prefeito renunciou por se achar incapaz de combater a corrupção


O então Prefeito de São Jorge do Oeste, no Paraná, renunciou após 308 dias no cargo. Pedido de renúncia foi encaminhado à Câmara no dia 05-11-2013.

No documento ele disse  que deixava o cargo com a “consciência tranquila” e que não se envergonha da sua curta administração. Ele afirmou que pretende retornar a profissão de agricultor e que pretende auxiliar o município de outras formas. “Retorno a minha vida simples de agricultor, profissão que eu muito amo, acreditando ainda que posso, de outras maneiras, como cidadão de bem, contribuir para um município melhor”, afirmou. Gaio também agradeceu aos eleitores que depositaram a confiança nele. “Despeço-me de todos com a certeza do dever cumprido, pois trabalhei e dediquei-me pelo bem do povo de São Jorge D´Oeste”, declarou.
O secretário de Educação, Jovandir Pessaro, contou que a renúncia do prefeito foi “uma surpresa geral”. Ele lembrou que na sexta-feira (1º) Gaio estava animado e discutindo a programação de aniversário da cidade, comemorado no dia 23 de novembro. “O município está chocado, as pessoas estão tristes”, afirmou.

Com informações do Portal Brasil Contra a Corrupção

Nenhum comentário: