ABAS

domingo, 22 de dezembro de 2013

Cidade Fortaleza é a capital do Nordeste com mais mortes por violência, diz IBGE

Foto: Diário do Nordeste/Arquivo
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou  sexta-feira (20) a pesquisa sobre as "Estatísticas do Registro Civil 2012". De acordo com o estudo, 2.342 pessoas foram vítimas de violência em Fortaleza. A Capital lidera o ranking do Nordeste.

Os homens foram as maiores vítimas de violência de Fortaleza em 2012, com 2.077 óbitos. Enquanto as mulheres registraram 265 mortes.
De acordo com César Barreira, coordenador do Laboratório de Estudos da Violência (LEV), o dado revela uma relação direta da violência com a sensação de insegurança. Para o professor, os números evidenciam vítimas de assaltos ou sequestros, por exemplo.
Nos dados nacional do estudo do IBGE, Fortaleza fica em 3º lugar, perdendo apenas para o Rio de Janeiro e São Paulo.  A capital paulista é a cidade com maior número de vítimas de violência com 4.645 óbitos. O Rio ocupa a 2ª posição do ranking com 2.479 registros.
A pesquisa divulgada pelo IBGE revela também a totalidade dos registros dos nascidos vivos, óbitos e óbitos fetais, além dos casamentos e números de divórcios.

Taxa de homicídios também aumenta no Estado
taxa de homicídios no Estado aumentou 92,4% no comparativo entre os anos de 2000 e 2010, de acordo a pesquisa "A singular dinâmica territorial dos homicídios no Brasil nos anos 2000", divulgada também nesta sexta-feira (20), pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). A taxa coloca o Ceará na 6ª posição, no País, em número de homicídios registrados durante o período.

Os dados demonstram que, na comparação entre 2000 e 2010, os maiores aumentos das taxas de homicídio ocorreram, principalmente, nos estados do Nordeste, liderados pela Bahia, cuja marca atingiu incríveis 339%. Em seguida aparecem Maranhão (273%), Rio Grande do Norte (184,6%), Alagoas (160,6%), Paraíba (156,7%), e Ceará.
DO DIÁRIO DO NORDESTE

Nenhum comentário: