ABAS

sábado, 7 de setembro de 2013

Estado Repressor de Direito


Foi divulgado que o juiz Roberto Soares Bulcão, titular da 7ª Vara Criminal da comarca de Fortaleza, autorizou que policiais civis e militares, desde que fardados e identificados de forma ostensiva, solicitem a identificação civil de manifestantes que portem objeto que impossibilite a visualização do rosto. O pedido foi feito pelo Ministério Público do Estado do Ceará em medida cautelar ajuizada ontem.

A decisão permite que os policiais “solicitem” a retirada de máscaras ou outros objetos que impeçam a identificação de militantes durante as manifestações de 7 de setembro (segundo o site G1, a autorização da Justiça vale pelo período de 5 dias), em caso de recusa à identificação, o manifestante poderá ser conduzido à delegacia para averiguação de impressão digital e realização de registro fotográfico.

A autorização da justiça apenas demonstra o autoritarismo do Estado e o seu caráter de classe, que quando posto em xeque, utiliza de toda forma de repressão, seja física ou simbólica, para a manutenção do poder instituído. A decisão ataca princípios constitucionais, como direito à livre expressão e à resistência.

Mais do que nunca resistir é preciso! Tod@s às ruas! Viva o poder Popular!


Com informação do perfil de Renato Roseno no Facebook...

Nenhum comentário: