ABAS

domingo, 1 de setembro de 2013

Ei, você aí parado, você por acaso é um zumbi? Não vai fazer nada para melhorar este mundo? Diz a canção: “outra cabeça se inclina humildemente...Uma criança é lentamente tomada... E a violência causou tal silêncio... A quem estamos enganando? Mas veja bem, não é comigo, não é a minha família... Na sua cabeça, na sua cabeça eles estão lutando... Com seus tanques e suas bombas... E seus ossos e suas armas... Na sua cabeça, na sua cabeça, eles estão chorando... O que há na sua cabeça? Na sua cabeça... Zumbi, zumbi, zumbi?” Já que você não vai fazer nada mesmo, pelo menos não construa empecilhos para quem está lutando. Agora, você precisa saber que a sua covardia e omissão nada é do que um sintoma de uma praga que somente terá cura quando você deixar de ser um zumbi e passar a ser humano de verdade. (Alexandre Távora, refletindo e parafraseando a canção, “Zombie” de The Cranberries)







Nenhum comentário: