ABAS

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Deputada diz que troca de secretariado é cortina para a crise no governo estadual

GOV. CID GOMES AO LADO DE SEU IRMÃO CIRO GOMES, QUE FOI NOMEADO SECRETÁRIO DE SAÚDE DO ESTADO DO CEARÁ

Eliane  Novais (PSB) falou sobre a troca de secretários no governo e afirmou que a desculpa oficial usada por motivo eleitoreiro foi uma cortina para a crise no governo. Eliane declarou que a exoneração do ex-secretário de segurança, Francisco Bezerra, não foi por uma “possível vontade de se eleger”, pois nem filiado a algum partido político ele é.
Eliane em um segundo momento citou os “escândalos” do governo do Estado como as polêmicas do buffet, gastos com aeronaves e a construção do anexo 2 do Palácio do Governo. Eliane ainda criticou os investimentos no combate a seca e saneamento. Segundo Novais, 60% da água distribuída nos carros pipa está contaminada.
Em aparte, José Sarto (PSB), líder do governo, explicou que um policial militar tem até três meses antes para se filiar e concorrer as eleições. Sarto em sua defesa disse que Eliane desconhecia a legislação, e a deputada logo em seguida se defendeu e afirmou conhecer a prerrogativa para militares. Sarto então declarou que Eliane foi desonesta. A deputada afirmou que nunca foi e nunca será desonesta.
DIÁRIO DO NORDESTE

Nenhum comentário: