ABAS

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Roubos e furtos de veículos aumentam 51% em Fortaleza



“O relato na rede social tem só seis linhas. “Venho pedir ajuda a vocês porque acabei de ser assaltado à mão armada. Levaram meu veículo. Qualquer notícia, por favor, entre em contato”, diz Carlos Elpídio no trecho indignado de um clamor tão curto quanto rotineiro em Fortaleza.
De janeiro a julho deste ano, os roubos e furtos de veículos aumentaram 35% em relação ao mesmo período do ano passado. Os casos saltaram de 3.875 para 5.250. Os dados foram levantados pelo O POVO com base em relatórios da Secretaria Estadual da Segurança Pública (SSPDS). De junho para julho, os roubos cresceram 8,9% depois de um recuo de 5% no bimestre anterior. Já os furtos reduziram em 18% de junho para julho, após o aumento de 9% de maio para junho.
Tão logo as estatísticas de agosto sejam contabilizadas pela SSPDS, Elpídio aumentará o número de 3.704 fortalezenses com carros roubados nos sete primeiros meses deste ano. Os furtos no mesmo período foram 1.546. O ataque a Carlos aconteceu na rua Coronel Alves Teixeira. O Polo foi levado dele no bairro com o 18º maior índice de roubos de veículos da cidade – o Joaquim Távora.
Bairros
Messejana encabeça o ranking desse tipo de crime. Tem 150 ações de janeiro a julho deste ano. A Parquelândia, bairro em quarto lugar até maio, saltou para a segunda colocação (com 142 casos). Somente seis bairros de Fortaleza não tiveram roubos de veículo sem 2013. Já no tocante aos furtos, o Centro lidera – com 149 ocorrências. Apenas 13 bairros da Capital não registraram ocorrências em 2013. Isolados, os furtos aumentaram apenas 2,5% em relação a 2012, com retração nos meses de março, abril, junho e julho. No recorte exclusivo dos roubos, o crescimento foi de expressivos 57% – sem recuo estatístico em nenhum mês. ”
(O POVO)

Nenhum comentário: