ABAS

sábado, 27 de julho de 2013

É nas favelas que devemos servir a Cristo, diz papa Francisco na Catedral Metropolitana


Em missa para o clérigo na Catedral Metropolitana do Rio na manhã deste sábado (27), o papa Francisco criticou os "dogmas modernos" da eficiência e do pragmatismo e exortou seus sacerdotes a priorizar a favela.
"Não há lugar para o idoso, nem para o filho indesejado; não há tempo para se deter com o pobre caído à margem da estrada. Às vezes parece que, para alguns, as relações humanas sejam regidas por dois dogmas modernos: eficiência e pragmatismo", disse Francisco.

Dirigindo-se aos religiosos, Francisco pediu-lhes que "tenham a coragem de ir contra a corrente" e de promover a "cultura do encontro".
O pontífice voltou a defender que a Igreja Católica busque a "periferia": "Decididamente pensemos a pastoral a partir da periferia, daqueles que estão mais afastados, daqueles que habitualmente não frequentam a paróquia.
Ao pregar maior atenção aos mais pobres, Francisco citou uma frase da indiana Madre Teresa de Calcutá (1910-1997), conhecida pelo trabalho social. "É nas favelas que nós devemos ir procurar e servir a Cristo. Devemos ir até eles como o sacerdote se aproxima do altar, cheio de alegria."

FOLHA

Nenhum comentário: