ABAS

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

"Não é hora de discutir sucessão de Cid", diz ministro Leônidas Cristino


O governador Cid Gomes (PSB) vai conversar, quando chegar o momento apropriado, com todos os partidos da coligação, para discutir a sucessão estadual de outubro de 2014.
A observação é do ministro Leônidas Cristino, titular da Secretaria Nacional de Portos, prevendo que o candidato vai sair de um dos partidos da aliança, na pessoa de quem tiver mais condição de ganhar a eleição.
Com relação à declaração de Ciro Gomes (PSB) de que o candidato ao Governo do Estado vai ser do PSB, o ministro disse que se trata de um ponto de vista pessoal e que poderá não refletir o pensamento total do partido.
O que o ministro não esconde é que torce para que esse nome seja mesmo do partido socialista, “mas, não sendo, não tem problema, porque o que importa é que o substituto de Cid Gomes seja da aliança situacionista”. Ele também não esconde que o seu nome está à disposição do partido, não só para as eleições de 2014, como nas demais que vão acontecer futuramente, justificando que é um filiado da sigla.
Coligação unida
Segundo o ministro, a questão de nome da coligação para disputar o Governo do Estado vai ficar somente para maio do ano que vem, porque, agora, “é muito cedo para discutir o assunto”. O importante agora, segundo Leônidas, é manter a coligação unida com todos os partidos que pertencem a ela, inclusive o PT, se for o caso, porque a divisão poderá responder por um resultado negativo.

Por fim, o ministro alerta que o momento não é para discutir a sucessão estadual, e sim, ajudar o governador Cid Gomes a tocar a sua administração em frente, porque ele ainda tem quase dois anos de administração. “O Cid tem uma administração altamente positiva, conhecida no Brasil inteiro e, por isso, precisa de muita tranquilidade para poder implementar aquilo que ele havia planejado”, defende. 
De Tarcísio Colares do pessoal do blog no Pinto Martins.

BLOG DO MACÁRIO

Nenhum comentário: