ABAS

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Mais revolta que tristeza entre petistas



Pelo menos no discurso dos petistas, a derrota de Elmano de Freitas (PT) não foi a parte mais a marga do resultado da eleição. Líderes da sigla ouvidos pelo O POVO foram unânimes ao criticar as supostas irregularidades praticadas pelos adversários no dia da votação.
“O que constituiu elemento central da derrota foi a megaoperação anti-PT, seja pela aliança constituída do outro lado, seja pelo processo sem limite de boca de urna praticamente oficializada”, criticou o deputado federal José Guimarães (PT), que disse ainda ter ficado decepcionado com o governador Cid Gomes (PSB) na campanha.

No palanque, para o primeiro discurso após a derrota, Elmano criticou o que chamou de “práticas atrasadas” da “Oligarquia de Sobral”. O petista aparentava serenidade: não demonstrou abatimento e disse sair com a “missão cumprida”.

Perguntados sobre o futuro da sigla em relação às administrações municipal e estadual, os petistas disseram que farão uma avaliação coletiva nos próximos dias. (Hébely Rebouças)
(O POVO)

Nenhum comentário: