ABAS

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Escanteado em 2010, Ciro refuga Eduardo-2014
















Ser político é engolir sapo sem ter indigestão. É flexionar a espinha ante o poder enquanto não pode exercê-lo. Ciro Gomes, por exemplo, ainda traz 2010 atravessado na traquéia como o ano em que teve de dobrar-se à vontade de Lula.

Ciro queria recanditatar-se ao Planalto. Mas Lula intimou todas as legendas governistas a engrossarem a caravana de Dilma Rousseff. Presidente do PSB, Eduardo Campos mandou às favas as pretensões de Ciro.
O tempo passou. O PSB adquiriu musculatura. Agora, é Eduardo quem cultiva o sonho da Presidência. E Ciro : o partido errou ao não disputar quando Dilma era uma “aposta temerária”. Agora que Dilma “deu certo, graças a Deus”, o PSB deve apoar a reeleição dela “por decência e lealdade”.
BLOG DO JOSIAS DE SOUZA

Nenhum comentário: