ABAS

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Renan se salvou de uma rasteira do PMDB

Andre Dusek/AE - 21/12/2011
Eunício Oliveira (à esq.) conversa com Renan Calheiros durante a sessão da CCJ do Senado


O Planalto acompanha de perto, e sem se envolver, a disputa interna que se trava dentro da bancada do PMDB no recesso parlamentar. O senador Eduardo Braga (AM) conseguiu oito assinaturas dos 16 senadores peemedebistas. Com mais uma adesão ele destituiria o senador Renan Calheiros do cargo de líder. Renan só não perdeu a função porque o senador Eunício Oliveira não topou aderir.

Por um triz

Após verificar que não teria o apoio do senador Eunício Oliveira, Eduardo Braga teve que desistir da sua tão sonhada liderança.

Contando votos

A posse de Jader Barbalho na última quarta (28) no Senado, dá um fôlego novo a Renan, que passa a ter um senador a mais a seu favor.

Off no Caribe

Após o episódio, Braga está incomunicável. Resolveu esfriar a cabeça com a família no Caribe, de onde só retorna após o Ano Novo.

DO PORTAL DO CLAUDIO HUMBERTO


Nenhum comentário: